Eu não queria muita coisa. Quase nada, na verdade. Mas queria, queria muito que você estivesse por perto. E me bastaria o fato de poder dizer

passa aqui rapidinho

almoço hoje

desce que eu tô aqui embaixo

cerveja daqui meia hora

acelera que eu tô chegando

Eu não queria que a gente fosse no melhor restaurante, nem que estivesse um dia de sol fantástico. Não teria nenhuma dessas exigências. Pra mim, bastaria que a gente chegasse num boteco qualquer e

mesa de lata

cadeira de plástico

cerveja barata

guardanapo ruim

porção de fritas

Não precisaria ser um ambiente acolhedor, nem que nós não tivéssemos hora para voltar. Poderia ser um bar meio sujo, meio ruim. E poderia ser só uma horinha porque você tem

trabalho para acabar

sono atrasado

um prazo vencendo amanhã

um jantar que já estava marcado

o aniversário do seu chefe

Eu só queria que a gente se sentasse ali e eu estivesse em casa porque estou com você. E você estivesse em casa por estar comigo. E, por estarmos em casa, poderíamos falar sobre tudo. Sobre

não ter certeza

estar cansado

estar com medo

querer mandar à merda

estar arrependido

E aquelas suas palavras tão bem escolhidas acalmariam tudo. E as minhas palavras tão mal escolhidas te fariam rir. E a gente mudaria de assunto e passaria a tratar de temas relevantes como

Ressaca de catuaba

o novo sanduíche do Mc

o namoro da Fatima Bernardes

exceção ou excessão

mostarda ou ketchup na batata

E passaríamos de um assunto a outro naquela velocidade tradicional, até já não fazermos ideia do que estávamos falando. Mas não importa. Já teríamos passado por temas como

reforma previdenciária

pablo vittar

ganho de peso

casamento dos outros

caneta marca texto

E, como sempre, não chegaríamos a conclusão nenhuma. Sobre nada. Porque o objetivo nunca foi esse. O objetivo era só estar. O objetivo era apenas provar para o mundo que você ainda está por perto. E eu também

falando bobagem

entendendo tudo

dizendo vai em frente

mandando parar de merda

pedindo outra rodada

E eu estaria nutrida. De cerveja, de batata e, sobretudo, de você. E você estaria com a mais plena certeza de que eu estou aqui. Tanto quanto você está. Mesmo que seja de longe. Mas hoje eu queria que fosse de perto.