A Câmara encaminhou para votação um projeto pela redução da maioridade penal para 16 anos. Parlamentares acreditam que essa é a solução para a violência no País: falta cadeia, não falta escola.

Faltava também um shopping center só para deputados, mas isso já está sendo resolvido pelo presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Tudo deve custar R$ 1 bilhão. A Câmara tem dinheiro em caixa, e segundo ele, dinheiro limpo. Não tem nada a ver com a Lava Jato. O peemedebista é investigado por suspeitas de participar do esquema de corrupção na Petrobrás desmontado pela Polícia Federal nessa operação. Cunha nega todas as acusações.

______________________________________________

Acompanhe Crônicas de Ricardo Chapola pelo Facebook

(Clique em “obter notificações” na página)

Novas crônicas todas as quintas-feiras.

Twitter: http://twitter.com/ricardochapola

______________________________________________

Maior do que na última legislatura, a bancada evangélica eleita no ano passado prometeu formar um grupo de oração pela vida de Eduardo Cunha. É um homem de Deus, afirmam. Deus lembra Páscoa e Páscoa lembra feriado prolongado. O meu será de 3 dias. O dos deputados, de 6.

Páscoa também lembra chocolate. Fazia tempo que não comia. Perdi toda a vontade depois de ver que um ovo da Nestlé custava R$ 50. Investi em álcool. 

Beba sempre com moderação. Se der, é até melhor, nem beba. Álcool dá diurese. O governador Geraldo Alckmin vetou as descargas em São Paulo. Gasta muita água. Água é de beber, mas só para matar a sede, não para curar ressaca, que fique bem claro.

Álcool também provoca acidentes. Se beber, não dirija, nem pilote um avião. Já bastam os pilotos psicopatas que hoje em dia tem derrubado aviões com 150 passageiros. 

Multidões têm ido às ruas protestar contra essa loucura toda que está comendo solta por aí. A sociedade está indignada com tanta roubalheira à luz do dia. Pê da vida com essa tara pelas ciclovias. Perplexa com o preço dos ovos Páscoa. Assim não dá, assim não pode. Fora Dilma ecoa pelo País. As pessoas querem o impeachment. As pessoas querem os militares de volta. Estão todos nas ruas, ganhando força.

Primeiro de abril! É mentira? Poderia ser, mas não é. Tudo isso é a mais pura verdade.