arte: loro verz

»Será que as mães estão em extinção?

Bobagem, claro, enquanto houver filho haverá mãe, ou até que a ciência nos separe. Enquanto houver espécie humana.

Devaneio.

Uma menina e sua mãe andam pelo shopping. A mãe encontra uma amiga e resolvem parar para um café com fofoca.

– Quanto tempo?

– Pois é, quanto tempo.

A mariazinha, garota muito magra, cabelos escuros trançados sem presilhas, do alto de seus dez ou onze anos de idade, logo se entedia.

– Manhê, tá chato. Posso dar uma volta?

A mãe nem olha para a pequena antes de responder que pode, mas que fique atenta ao celular, e tome meu cartão. Mais não diz, entretida já, a esta altura, com os infortúnios de uma amiga em comum, também em processo de divórcio.

Dois capuccinos.

Acompanho com os olhos mariazinha sumindo no meio da multidão de véspera de Dia das Mães, com as duas mãos segurando o telefone, em prece. Flerta desavergonhadamente com as vitrines, em especial as de doces. Não parece capturada, ainda, pelos mistérios da moda, com seu vestidinho branco de bolinhas azuis. Às vezes mira muito sorrateiramente a mãe, à porta do café, que já fala bem alto.

Passam trinta minutos, passa uma hora. A mãe, já no segundo café, já no bolinho de chocolate,  olha de vez em quando o celular, distraidamente, e só. Nada de coração na boca, de ataques repentinos de pânico. A filha está segura, confia, e posso cuidar da minha própria vida.

Eu me preocupo, mas à toa. A menina volta, enfim. Está tudo bem, até mais do que bem: sorri lambendo um imenso sorvete de chocolate recém-comprado. Devolve à mãe o cartão do banco.

As amigas se despedem e, sorridente, a pequena família segue sem grilos.

As mães são outras, penso, na era do plástico, dos telefones celulares, cartões pré-pagos, GPS e aplicativos. Na era dos divórcios, terapias, hedonismo. São outras, muito outras.

Mas, na saída do shopping, a mãe veste na filha o casaquinho.«

______________________________________________

Siga Males Crônicos no Facebook.

(Clique em “obter notificações” na página)

Atualizações todas as segundas-feiras.

Twitter: http://twitter.com/essenfelder

______________________________________________