Das maiores lendas urbanas, minha preferida é a que diz que as denúncias de assédio sexual são feitas para se aproveitar do sucesso e dinheiro dos homens acusados e que ELES é que saem prejudicados. Vamos a uma rápida retrospectiva:

– Casey Affleck (ator) ganhou um Oscar;

Donald Trump se elegeu presidente dos EUA; 

– Zé Mayer, mesmo admitindo o erro, vai processar a figurinista que o denunciou;

– Johnny Depp, que agrediu a ex-mulher, segue sendo um prestigiado ator de Hollywood e fazendo filmes de grandes franquias;

– Chris Brown, que agrediu e ameaçou várias ex-namoradas, segue nas paradas de sucesso, sendo convidado e indicado nas maiores premiações de música;

– Bruno (goleiro), que matou e ocultou o corpo da ex-mulher Eliza Samudio, foi solto por um período e recebeu propostas de NOVE clubes de futebol para voltar a jogar.

No mínimo dá pra desconfiar dessa tese. E se ainda houver dúvidas, vale o exercício: e as mulheres agredidas por eles, onde estão? Você lembra?

LEIA MAIS: Precisamos falar sobre assédio.

Mas isso não é novidade. Pelo contrário, é dito exaustivamente na internet e fora dela, mas, como muitas outras coisas que nós feministas alertamos, parece que só ouve quem quer. De qualquer modo, nas últimas semanas tivemos mais um exemplo brasileiro para engrossar o caldo: Dudu Camargo e Maísa.

Não preciso aqui dissertar sobre o início da discussão entre os dois apresentadores do SBT (as colegas de blog Rita Lisauskas e Letícia Sorg já o fizeram), mas quero falar sobre o que aconteceu depois do assédio (induzido por Silvio Santos) em Maísa: Dudu Camargo recebeu elogios de Silvio Santos e ouviu que tem futuro garantido e que “já está pronto”. Está em alta, nunca foi tão comentado. Participou de 5 programas de TV em 6 dias, e em um deles inclusive beijou dançarinas de palco e as apalpou de um jeito repugnante para “mostrar” sua sexualidade. E, no programa de Sonia Abrão, insinuou que convidou Maísa, MENOR DE IDADE E QUE APENAS DISSE QUE NÃO QUERIA FICAR COM ELE, para uma noite de sexo.

Maísa Silva pelo contrário, pode estar com o futuro no SBT em risco. Sua postura firme contra o assédio de Dudu e a conivência de Silvio Santos parecem não ter agradado e ela, MENOR DE IDADE, com 10 anos de casa e muito querida por adolescentes e adultos, pode sair na pior. O que Maísa, MENOR DE IDADE, fez mesmo? Foi ao programa de Silvio Santos participar de um jogo, ouviu insinuações para ficar com Dudu Camargo e, ao dizer não, sofreu retaliações ao vivo (e a posteriori também). Dias depois foi novamente ao programa e, sem saber, ficou novamente frente a frente com Dudu Camargo, novamente tendo que pedir desculpas ou de alguma maneira justificar seu comportamento. Deixou o palco chorando. A produtora foi demitida, e segundo o colunista Flávio Ricco o motivo foi ter ficado ao lado de Maísa

Sem nem entrar no mérito das “provas de heterossexualidade” que Dudu Camargo está tendo que dar e de como toda sua ultra exposição está baseada em uma masculinidade ultra tóxica, venho só enfatizar que mesmo Maísa, famosa e querida apesar da pouca idade, é quem parece que vai sair perdendo disso tudo. Mesmo num assédio filmado, televisionado e repetido à exaustão para quem quiser ver os absurdos direcionados a ela. Seria inacreditável, não fosse tão comum.

À Maísa, desejo que lide com isso com a força que demonstra ter e que não esmoreça diante disso tudo. É difícil, Maísa, mas não dá pra gente desistir. Que você esteja recebendo o apoio que merece.


Contate-me pelo Facebook.