Sofia Patsch, Alexandra Loras e Fabi Saad. Foto: Arquivo pessoal

A ex consulesa e ativista rebate as críticas que recebeu por ter tingido personalidades brancas de negras na exposição “Pourquoi Pas?”, que está em cartaz na galeria Rabieh. “Não pratiquei blackface. Estou incomodando porque sou uma mulher negra falando sobre racismo”