cate-blanchett-oscar-smile1

Tem um truque muito simples que se usa na consultoria de estilo para deixar as clientes maravilhosas imediatamente: usar a roupa (a parte de cima) na cor que mais valoriza a coloração da pele de cada uma. E isso a gente descobre por meio de um teste feito com tecidos de várias cores colocados na frente do rosto e  diante da iluminação certa, em um ambiente controlado. Assim, descobre-se qual grupo de cores cai melhor, qual combina e valoriza o subtom da pele. O sistema que eu uso dá 12 possibilidades, cada um correspondente a uma paleta de cores, que tem os nomes das estações do ano (algumas pessoas são mais “neutras” e podem usar duas paletas diferentes) e que a cliente recebe em forma de leque para levar na bolsa e se inspirar.

Isso porque a cor “certa” realça cor de boca e maçãs, ou seja, parece que você passou um batonzinho e um blush, mesmo que não tenha usado nada, disfarça imperfeições da pele e dá um brilho ao olhar. A cor “errada”, deixa o rosto mais abatido, mostra olheiras e manchinhas, põe uma espécie de sombra no rosto ou faz a pessoa parecer “amarelada”. Eu não costumo usar esse teste como um limitador, como algo que determina as cores uma cliente pode usar e quais não deve de jeito algum, mas sim como um guia para que ela observe um item a mais na hora de escolher o que vestir, principalmente quando estamos falando de uma festa ou um grande dia, quando a gente tem que ficar nada menos que incrível. Tipo, quando vamos escolher a roupa que usar na noite do Oscar. 😉

Quer ver como funciona? Olha Sandra Bullock como fica incrivelmente mais bonita quando usa os tons certos para ela na maquiagem, roupa e cabelo:

Captura de Tela 2017-03-08 às 13.11.42 Captura de Tela 2017-03-08 às 13.11.49
Claro, não é que ela está feia com o cabelo mais alaranjado e a roupa clara, nem teria como. Mas com a roupa escura, cabelos idem e batom cereja, ela está DESLUMBRANTE.

Essa é a diferença que as cores podem fazer, por isso em dias super especiais, tipo festa e primeiro encontro (quem nunca fez análise de cores para sair com o boy magya, gente???), eu recomendo escolher as cores que fazem parte da sua paleta, as que vão deixar você no auge.

Olha a Cate Blanchett, que quase sempre usa tons claros, pastéis, e não é à toa. Preste atenção nas maçãs do rosto, em como os olhos sobressaem, em como ela parece estar em harmonia com o vestido, tudo uma coisa só. Isso é o efeito da melhor cor possível para o subtom de pele dela.

300191D400000578-3393194-image-a-71_1452474115213 rs_634x1024-140302163211-634.cate-blanchett-oscars.ls.3214

Mas com esses escurões a expressão fica mais pesada, parece que o vestido chama mais atenção do que ela, não fica tããão bonita. Claro que ela pode optar pelos escuros por uma questão de estilo, de gosto. E TUDO BEM. Eu amo amarelo, uso amarelo e nem de perto é uma cor que me favorece. Mas é um cor que me deixa feliz. Então não me importo se combina ou não com o meu subtom. Mas quando eu quero arrasar, eu vou de azul petróleo.

8c905118ba44fff00fb7eb141a2a635225F7A29800000578-2964551-Statuesque_Cate_Blanchett_stuns_in_a_long_black_sophisticated_Jo-m-19_14246537048351388782212_cate-blanchett-zoom-01

Nesse acima ficou até meio pálida, preste atenção na cor das maçãs e no brilho dos olhos.

Ok. A essa hora você está pensando que eu quero vender meus serviços de análise de coloração pessoal, por isso fiz esse post. Acertou! Brinks, na verdade, eu quero que você comece a prestar atenção no fato de que algumas cores deixam você mais bonita. Sozinha, sem o material necessário  e sem o conhecimento de um especialista (geralmente consultores de estilo), fica difícil determinar exatamente qual a sua paleta. Geralmente as pessoas confundem essa paleta com as cores que gostam. Ou com preconceitos a respeito de cor (“loiras ficam bem de vermelho”, por exemplo). Mas, experimentando, você pode ter uma noção de que algumas cores valorizam seu rosto e sua expressão e outras põem você para baixo. Em maquiagem isso fica muuuuito óbvio pois alguns tons de batom ou de blush “apagam” imediatamente nossa expressão. Em roupa é um pouco mais complicado, mas uma dica é aquela roupa que você gostou, tentou usar diversas vezes, mas acaba tirando por achar que algo não ficou bom. Geralmente essa sensação tem a ver com a cor errada.

Outra coisa que a gente precisa saber é que cor não é genérica. Tem vermelho frio, puxado pro vinho ou pro roxo, tem vermelho quente, puxado para o laranja. Tem bege acinzentado, bege esverdeado, bege rosado etc etc etc. Então também não dá pra generalizar dizendo que fica bem de vermelho porque as possibilidades são muitas e, se você fica bem de vermelho Ferrari, possivelmente não vai ficar tão incrível com um vermelho mais puxado para o pink. Olha quanto tipo de bege. Entendeu?

138767232240084154_5ydG6DPy_c

Se você não sabe sua cartela de cores, pode ir na tentativa e erro. Mas atente que, quando não fica bem com uma roupa e não sabe porque, ao menos vai ter uma noção do que te desvaloriza. E, se todo mundo te elogia quando você veste aquele suéter rosa bebê, talvez essa seja uma de suas melhores cores.

Quer mais dicas de estilo? Entra no meu insta @fabianacorreasaranha. Ou vai no meu site fabianacorrea.com.br e mande sua dúvida, sugestão, reclamação e afins.

Até logo!