Ser curador está na moda. Não importa de quê. É cool. Tem curadoria de conteúdo, de biblioteca, de flores e por aí vai. Pois é, então vou te ajudar a se hypar instantaneamente, sendo a curadora do seu próprio guarda-roupa. É que, a gente sabe, depois de ver esse monte de desfiles nas fashion weeks mundo afora, vai dar aquela vontade de comprar muita coisa. Mas, calma, vamos fazer uma curadoria antes. Do que você viu nas passarelas e do que você tem no guarda-roupa.

Dois corpos não ocupam o mesmo lugar no espaço. Vale para a física e vale, principalmente, se o seu closet está lotado, atolado, super povoado por roupas, sapatos, acessórios. Simplesmente não cabe mais nada? Vamos tirar algo para que o novo possa entrar. Ou pelo menos para que você possa ver o velho. Tem um post sobre organização aqui, espero que ele te ajude nesse momento de tensão que é se desfazer de roupas. Mas eu te garanto que ter roupa na quantidade ideal para a sua vida (e isso quer dizer, inclusive, que caiba no seu closet com uma certa folga), é libertador e ajuda muito a organizar o dia, a semana etc. No seu closet, assim como no seu coração, guarde só quem você ama e quem te faz bem. Aquelas roupas que já não dão mais no couro ou na seda, que já não têm mais nada a ver com a sua vida, que você gostou mas não  usa nunca podem dizer adeus.

Tirou o excesso? Agora a gente vai ver se você tá mesmo precisando de roupa nova ou se está apenas com impulsos consumistas por conta da overdose de desfiles. Veja pode encontrar, lá mesmo no seu closet, centenas de looks novos usando o que já tem. Se você pirou numa tendência, vamos dizer, gargantilhas ou oriente, dá uma olhada no seu closet. Gente, essas coisas já estão aí há tanto tempo que nem consigo chamar de tendências. Claro que elas são repaginadas, mas a gente também consegue fazer isso com o que já tem, desde que faça a mistura, oops, a curadoria certa. Roupas que tenham partes feitas à mão, como detalhes em crochê, embora tenham ganhado força, já estão aparecendo aqui e ali faz um tempo. E eu achei uma blusa de crochê antiga da minha mãe muito mais linda do que qualquer coisa que eu tenha visto na passarela. Dá um check pra ver se você já não atualiza seu armário sem ter que passar o cartão.

Fazer curadoria é editar. É pegar uma coisa aqui, outra lá, misturar caro e barato, novo e velho, chique e esportivo e conseguir o resultado mais bacana do que se fosse tudo combinandinho. Então pra isso é bom você investir algum tempo misturando peças que não está acostumada a misturar. E depois ainda acrescentar alguns acessórios que aparentemente não combinariam, mas que vão “quebrar” o look e deixá-lo  mais interessante.

Tirar o vestido de festa do armário para usar durante o dia, com um tênis ou rasteira, pode render bons resultados. Olha aí:

 

consultoria de estilo fabiana corrêa

 

 

Radical demais? ok, então tente a parte de cima de um terninho ou de um smoking com shorts ou jeans do dia a dia. A ideia é a mesma.

fabiana  corrêa consultoria de estiloAdapte! O slip dress pode ser até mesmo ser uma camisola bacana que você não usa porque prefere o camisetão do namorado. Ou um dos muitos vestidinhos de verão que você já tem.

Captura de tela 2016-05-13 15.42.58

Fazendo esse exercício você vai sentir se realmente tá faltando alguma coisa. Se falta esse acessório ou sapato para que a composição com as roupas que você já tem fique perfeita. Veja se tem muita parte de baixo para pouca de cima (o ideal é que cada parte de baixo “converse” com pelo menos 3 de cima), veja se as cores são coordenáveis ou se tem coisa demais num mesmo tom. Enfim, vá fazendo essas medições enquanto experimenta o que você já tem no closet mas com um novo olhar, com o olhar de quem está em um provador e quer fazer misturas novas.

O guarda-roupa curado é resultado de tudo isso. De um olhar que sabe misturar e, com essa mistura, criar muito coisa nova a partir do que já se tem. E, se for necessário, comprar uma ou outra peça nova que vai dar um up em várias outras peças que já existem.

Mais sobre estilo no meu insta: @fabianacorrea_estilo e inspiração no meu Pinterest

Até!

Fotos dos blogs Chronicles of Her, Brooke Testoni e The Frugality