No Dia das Mães, não podia faltar aqui uma entrevista inspiradora.

Quem é mãe sabe que não há momento de maior emoção na vida de uma mulher do que o do nascimento de um filho. É quando o universo conspira a seu favor, quando Deus mostra toda a sua grandiosidade.

A entrevista de hoje traz um pouquinho da história e da emoção de uma mulher que desejou muito ser mãe e não desistiu, mesmo depois de anos sem conseguir realizar esse sonho. Ela sofria de endometriose, uma das principais causas de infertilidade em mulheres. Passou pelos melhores profissionais do país, mas demorou muito a ter o diagnóstico preciso sobre a solução do problema.

Ontem, véspera do Dia das Mães, Lorenzo nasceu. Saudável, pesando 3 kg.

A entrevista foi gravada no chá de bebê. E, agora, a nova mãe comemora a data que marca a doçura, a braveza, a coragem, a abnegação e o amor incondicional da mulher que é mãe. 

Parabéns a todas as mães: biológicas, adotivas, de criação ou de coração! Mãe é mãe, seja como for. Sem receita. 

Aperte o play, agora! E até sexta-feira que vem, queridos leitores.