foto: Pixabay

 

Não importa como foi o seu ano, pode ter sido desafiador como o meu, mas o Natal sempre chega. E nós chegamos juntos até aqui, são e salvos, apesar dos pesares. A essa altura, uma coisa é certa: todas as árvores já estão montadas e enfeitadas. Você pode não saber, mas elas simbolizam a vida.

 

Cristão ou não, não dá para negar que o Natal desperta em nós alguns dos melhores sentimentos: o amor, a alegria, a bondade, a generosidade, a união, a gratidão. Natal é tempo de tudo isso. E é porque é a data do nascimento de Jesus. A história diz que o filho de Deus foi sacrificado e perdeu a vida para nos salvar.

 

Eu fico lembrando de como a minha avó madrinha, Natalícia – olha que nome mais lindo e sugestivo – fazia questão de celebrar essa época. Católica fiel, ela amava reunir a família para comemorar.

 

A árvore da casa da Vó Talícia era simples, mas sempre foi enfeitada. Tinha muitas bolinhas, representando os frutos do bem que a gente pode produzir; as luzinhas, simbolizando que Jesus é como a luz do mundo e botas pequenas, para lembrar que bem aventurados são os pés dos que anunciam as boas novas, ou seja, a chegada de Jesus.

 

Na casa dela, lá em BH, também sempre tinha estrela, para lembrar que Jesus é a nossa Estrela Guia. Ah, me lembro que depois de um tempo, ela começou a colocar uma guirlanda na porta de entrada de vidro. Hoje eu sei que a minha vó sabia que esse é o símbolo do amor de Deus. Um amor como era o dela por nós, sem princípio nem fim.

 

Curioso é pensar que a vó Talícia nunca me explicou tudo isso. Eu só fui saber do verdadeiro significado desses símbolos do Natal ontem, quando mandei um WhatsApp pra minha tia Margareth, psicóloga. É que além de ser da ciência, ela é uma pessoa muito espiritualizada e desenvolveu uma relação muito próxima com Deus.

 

Tia Ghá foi muito importante pra mim neste ano. Nos momentos de dificuldade, em que eu senti falta de uma força espiritual, foi a ela que recorri. Foram muitas orações! Todas me fortaleceram e me mostraram que a história bíblica, essa que muita gente reproduz no Natal sem pensar, tem muito a ensinar.

 

Papai Noel pode não passar por aí esses dias. Mas sabe de uma coisa? A gente sempre pode recorrer ao Papai do Céu, que dá plantão o ano todo.

 

FELIZ NATAL!

 

*O vídeo de hoje tinha que ser sobre gratidão. Assista e me diga se você também não tem muitos  motivos pra agradecer.