Sorte de quem tem pai. Ou de quem teve. Mas precisa ser bom. “Porque se não for, melhor não ter!” Palavra de um pai que inspira famílias de todo o país. E olha que disso ele entende, hein?!

Criado só pela mãe, abandonada ainda na gestação, ele passou 35 anos querendo saber quem era o pai biológico dele. Será que é famoso ou rico?, ele se perguntava. Na adolescência, diz que se revoltou. Tentou de todo jeito descobrir. Mas, ao longo da vida, ouviu da mãe: “Você não tem pai!”

Até que, dois anos atrás, depois de ser diagnosticada com um câncer, agora sob controle, a mãe dele decidiu revelar! Foi aí que descobriu que o pai biológico era um cara comum, anônimo e que nunca foi pai.

“Descobrir foi uma cura”, descreveu o autor do best seller “O Papai É Pop” Marcos Piangers. Ele sim um pai de verdade.

Desde então, nunca se viram. A mulher de Piangers, mãe das duas filhas dele, até o procurou. “Ela foi uma detective particular”, me contou com humor. Com o nome revelado, graças às redes sociais, Ana o encontrou. Pra surpresa da mulher, ouviu que o cara não ia procurá-lo.

Não fez e nem fará falta. Afinal, pai tem de valer a pena! É o que garante o palestrante especialista em paternidade, que eu tive o prazer de conhecer e de entrevistar.

.

UM PAI DE VERDADE

Pai é presença. É participação. É chão. É também parceria, orientação. É dedicação, abdicação. É amor incondicional.Igual ao de mãe.

Pai que é pai, de verdade, costuma pensar no filho primeiro. Não pra dizer sim o tempo todo. Mas pra avaliar o que é melhor pra ele ou pra ela. Muitas vezes, o melhor é um NÃO.

Pai que é pai contraria. Educa. Acalma. Dá segurança. Colo. Estende a mão. Se doa. Sofre junto… Torce e se esforça pra que o filho seja melhor.

Pai que é pai ensina a voar. E tá lá pra ajudar a levantar. Pode ser só com a palavra. Pode ser com o gesto. Sempre, com o coração.

Pai que é pai se engana. Mas tenta consertar ou melhorar. Pai que é pai, não carrega na barriga, mas também tem coração batendo fora do peito.

.

.

Você não vai perder esse depoimento, né?! Dê o play no vídeo, agora, para conhecer um pouco mais da história desse pai que é POP.