Sem precisar viajar, nem gastar

foto: Pixabay

 

A tal semana do saco cheio – ela existe com esse nome nas escolas de SP – nem chegou e eu já estava há dias no limite. Igual reality.

 

Pra não deixar o saco estourar, melhor buscar saída. Não tem milagre, mas tem um pequeno manual de sobrevivência, que eu ando testando e tem dado muito certo por aqui. Porque ainda faltam três meses pro fim do ano e para as férias e a gente quer chegar lá comemorando.

 

Então, vamos ao top 10. Com esta listinha, dá pra renovar as energias:

1 – tire uns dias de folga pra fazer NADA

Durante a semana, quando todo mundo tá trabalhando, é delicioso. Assim, dá pra ficar à toa.

 

2 – experimente fazer la siesta

Dormir à tarde, sem despertador, sem achar que tá perdendo tempo. Sem culpa!

 

3 – deite-se numa sombra, debaixo de árvores e escolha o silêncio

Funciona como uma limpeza mental. E você vai descobrir que o melhor som pode ser o dos pássaros, na primavera.

 

4 – faça um detox de informação perturbadora

Fuja de notícia ruim! Ou, pelo menos, dos detalhes.

O mundo tá louco, as pessoas estão doentes e, sem barreira, tem gente que até adoece.

(E essa história de Janaúba, agora?! Pelo amor de Deus, quanta tristeza!)

 

5 – faça alguma coisa que te dê prazer e te traga alegria

Todo dia! Pode ser simples. Mas tem de ser por você!

 

Chegamos à metade do manual pra esvaziar o saco cheio e resgatar a felicidade. Mas se você puder pegar a mala e escolher um destino dos sonhos, nem termine de ler!

Se ainda não deu, pode ser que até o fim você encontre outras dicas que podem te fazer muito bem. Continuando:

 

6 – pare de tentar resolver briga de filho

Você não vai deixar eles se digladiarem, claro. E vai ensinar a se respeitarem, a se amarem. Mas na hora que estiverem te enlouquecendo e enchendo o seu saco, experimente ver como se resolvem sozinhos.

 

7 – não discuta

Desista de fazer os outros entenderem o seu ponto de vista.

Esvazia qualquer saco cheio. É libertador!

 

8 – desconecte-se

Pare de ver e de seguir coisas e pessoas que não te fazem bem.

Gaste tempo no que vale a pena. Leia um bom livro, por exemplo.

(Eu fui fisgada pelos romances da Elena Ferrante. Estou lendo o segundo livro da tetralogia, “História do novo sobrenome”.)

 

 

9 – esqueça as receitas pro sucesso

Pra regime, pra audiência, pra aumentar seguidores ou para conquistar o par perfeito. Qualquer coisa que te obrigue a dar resultados!

Se você tá de saco cheio, pegue leve com você.

 

10 – Não leve a sério este manual!

Crie suas próprias saídas, se quiser, porque não tem receita. Afinal, cada história é única. O importante mesmo é você encontrar um caminho de leveza.

 

*E hoje não tem vídeo do canal.  Mas você pode fuçar lá, claro.