foto: Pixabay

 

Este vai ser mais um fim de ano com uma tradicional festa de família moderna por aqui. Daquelas que ainda parecem surreais para muita gente. Pra nós, está virando é tradição. Vamos receber em casa pro pré-Natal a família da antiga mulher do meu marido, mãe da minha enteada, com o novo marido, a irmã e a mãe dela, vó postiça dos meus filhos. Talvez você tenha até que ler de novo para entender.

 

É uma configuração contemporânea, não tenho dúvida, mas isso faz parte da minha história. No começo, eu era a filha de pais separados. Parte do pacote do qual muita gente foge. E que outros recebem, gostando ou não, ao se apaixonarem por alguém que já tem filhos.

 

Não é fácil pra ninguém, eu sei. Afinal, se duas pessoas diferentes já se desdobram para se entenderem, imagina com outras no meio sobre os quais você quase não pode opinar? Mas nós tiramos de letra, arrisco dizer. Bom, talvez eu tivesse que perguntar pro Alexandre, o meu padrasto (bem que podia ter uma palavra mais doce). Afinal, foi ele quem me herdou no pacote, na primeira parte dessa história.

 

Deve ter sido tranquilo, porque ele deu show. O marido da minha mãe soube construir o espaço dele e trouxe maturidade, sabedoria e leveza pra nossa vida.

 

Pai e mãe têm papel determinante. Principalmente porque o fim de uma relação entre marido e mulher, não deveria atrapalhar a relação com os filhos.  Aprender a aceitar as novas configurações da família pode ser um desafio. Às vezes, isso só acontece depois de muito anos. Mas quando a gente tem bons exemplos, a vida fica muito melhor. Filhos que têm a sorte de viver em famílias psicologicamente saudáveis, mesmo depois de uma separação, têm muito mais chance de construir a vida sem traumas.

 

O meu exemplo dentro casa foi fundamental para o que veio depois. Porque, sem planejar, também me casei com alguém que já tinha um pacote. De repente, fui eu quem virei a boadrasta.

 

*Se você conhece alguém que se separou, não deixe de ver o vídeo. Principalmente se tiver criança envolvida.

 

Mãe Sem Receita no FB: facebook/maesemreceita

Instagram: @maesemreceita