Foto: Instagram/ @gabrielapugliesi

A musa fitness Gabriela Pugliesi é uma das clientes da designer de sobrancelhas do Salão 1838 Jardim América, Mari Pedrosa

Assumir os próprios traços e – sim, até mesmo – as imperfeições é o lema das mulheres modernas. A maquiagem não é mais uma ferramenta para camuflar o próprio rosto ou imitar os padrões de beleza. As vaidosas de agora usam a indústria da estética para ressaltar as características que amam em si mesmas e facilitar o cotidiano. Afinal, a sociedade está tão complexa que não dá para perder muito tempo pensando na maquiagem do dia. Por isso, fiz uma seleção de três procedimentos estéticos que podem reduzir alguns minutos de preparação e produtos.

Micropigmentação de sobrancelhas
Claro, não existe um modelo a ser seguido. Mas se você se incomoda com alguma falha, cicatriz, assimetria ou falta de pelos na área, a micropigmentação pode ser uma ótima escolha.

Quem usa diariamente lápis, sombras ou gel para preenchimento, pode reduzir o consumo desses produtos com a técnica. E ainda vai ressaltar a beleza e força do olhar em momentos em que a maquiagem pode ‘pesar’, como em atividades ao ar livre, esportes, piscina etc.

Para o sucesso desse procedimento, a escolha de um bom profissional é fundamental. Ele será o responsável por escolher a melhor cor, técnica e desenho de acordo com o seu rosto. A técnica fio a fio é a que, atualmente, oferece um resultado mais natural e não pense que existem poucas tonalidades para os fios. A Mari Pedrosa, designer de sobrancelhas do Salão 1838 Jardim América, contou que existem mais de 50 cores de tinta para micropigmentação e elas podem ser combinadas de inúmeras maneiras para chegar ao tom.

“Com uma agulha, fazemos o desenho igual ao pelo, respeitando o desenho, o formato e o caimento”, explica Mari. Não precisa se assustar com a palavra agulha! É aplicado um anestésico local e, apesar da semelhança com a técnica de tatuagem, a pressão da mão do profissional é bem leve e a técnica não é invasiva, ou seja, não chega a cortar a pele. “No salão, finalizo o procedimento com um laser para acelerar o processo de cicatrização e a fixação da cor”, diz a designer de sobrancelhas do Salão 1838 Jardim América.

Após o procedimento, é necessário usar uma pomada cicatrizante e evitar coçar e mexer na região. Também é necessário voltar ao salão 30 dias depois para fazer um retoque. E com o passar do tempo? Com as técnicas avançadas de micropigmentação a única reação que pode ocorrer é a cor do traço ficar mais suave. Portanto, Mari Pedrosa indica fazer um retoque uma vez por ano ou a cada dois anos, conforme a necessidade.

Tratamentos para olheiras
Nesse assunto, quem vai poder indicar os procedimentos adequados é o cirurgião plástico, mas calma que isso não quer dizer que a única opção é a cirurgia. Entre os tratamentos possíveis para amenizar as olheiras também estão a aplicação de ácido hialurônico, que reduz a impressão de ‘profundidade’ embaixo dos olhos, e o laser para ativar a circulação sanguínea e diminuir a coloração roxa da pele da região.

Olheira pode ser uma palavra que já faz parte das reclamações de muitas pessoas e por isso parece não envolver muitas peculiaridades. Mas o especialista avalia inúmeros aspectos que determinam qual tratamento é indicado. “O diagnóstico correto é feito após ouvir a queixa do paciente. É fundamental avaliar a dinâmica [expressão] e os volumes do rosto, assim como as características da pele da região. Depois, o cirurgião decide o caminho mais adequado considerando o desejo do paciente versus a necessidade”, explica o cirurgião plástico Vitorio Maddarena.

Os efeitos do preenchimento com ácido hialurônico para redução de olheiras costumam durar cerca de um ano.

Alongamento de cílios

Quem já sonhou em acordar e já estar com máscara de cílios? Eu já e achava que o alongamento de cílios seria a realização desse desejo. Descobri que a técnica, realmente, te leva para o paraíso de estar com cílios longos e marcados sem ter muito trabalho diariamente. Mas não é a mesma coisa que a máscara –  o que não é um problema. No entanto, se você nunca fez alongamento de cílios, saiba que o resultado é mais parecido com a aplicação de cílios postiços do que máscara. Inclusive, vale ressaltar, que o uso de máscara nos cílios com extensões é contra-indicado, pois pode causar queda de fios.

“A técnica de alongamento de cílios é um trabalho delicado, pois os fios são colados um a um a três milímetros da raiz”, explica Regiane Sanrri, maquiadora do Salão 1838 Jardim América. O procedimento para alongar os cílios pode levar até duas horas e é preciso voltar ao salão para retoques em três ou quatro semanas. No dia a dia, o maior cuidado necessário é na hora de remover a maquiagem da região dos olhos.

Já falei de um sonho, agora vou falar de um pesadel. “E se o alongamento fizer meus cílios caírem?” Não, o procedimento não causa a queda dos fios. No entanto, se as recomendações não forem seguidas e você esfregar a região dos olhos, por exemplo, os cílios naturais podem cair sim mais do que o de costume.

“Não recomendo o procedimento para aquelas que coçam muito o olho e as que fazem natação ou sauna com frequência. Se você for muito alérgica, também não indico, porque, mesmo usando cola antialérgica e material de alta qualidade, pode ocorrer alguma reação. Por isso, antes da aplicação, converse com seu dermatologista”, diz Regiane.

Leia mais:

Pare de gastar dinheiro com esses 5 produtos de beleza

Cinco produtos de beleza em que a marca faz diferença

Quanto tempo, dinheiro e, até mesmo, vida você gasta para ter uma beleza que não é sua?

7 dicas de produtos para quem odeia ir no salão de beleza ou quer economizar