'I'm no angel' campanha quer mostrar que a sensualidade além do padrão de modelos altas e magras

“I’m no angel” campanha quer mostrar que a sensualidade além do padrão de modelos altas e magras

Você já deve ter visto e até comentado sobre as modelos que desfilam para a grife de lingerie Victoria’s Secret. Entre elas estão as brasileiras Alessandra Ambrósio, Adriana Lima, Izabel Goulart e até Gisele Bündchen já foi uma “angel”. Todas altas e magras. Mas você não deve ter ouvido falar sobre as modelos da marca plus size Lany Brant.A empresa norte-americana lançou uma campanha em que faz alusão a esse padrão e pretende redefinir o que é sexy. “As mulheres que usam Cacique (nome da nova linha de lingerie) precisam saber que sexy vem em várias formas e tamanhos”, diz o anúncio.

A iniciativa ganhou as redes sociais ao pedir que mulheres comuns postem suas fotos sensuais com a hastag #ImNoAngel (Eu não sou anjo). Além das fotos, as mulheres estão respondendo com verdadeiros vídeos de encorajamento e depoimentos sobre autoestima e amor próprio.

Desfile da grife Victoria's Secret Foto: Reuters

Desfile da grife Victoria’s Secret Foto: Reuters