Imagem do ensaio "Impression" do fotógrafo americano Justin Bartels

Imagem do ensaio “Impression” do fotógrafo americano Justin Bartels

Beleza nem sempre é sinônimo de conforto. Na verdade, muitas mulheres podem dizer que estar bela e na moda requer algum sacrifício. Nem estamos falando de roupas exóticas ou tratamentos invasivos, basta pensar na lingerie e nos jeans muito apertados que usamos. E foi justamente observando as marcas dessas peças nos corpos de suas namoradas do colégio que o fotógrafo americano Justin Bartels decidiu fazer o ensaio “Impression”.

 

“Me intrigou que tantas mulheres usavam roupas desconfortáveis para impressionar ou atrair outras pessoas, ou para a sua própria autoestima. Com as fotos, eu queria mostrar o “depois”, a prova visual do desconforto”, contou Bartels.

O ensaio é um convite para a reflexão, pois coloca em xeque, justamente – e aqui a palavra até ganha duplo sentido-, itens que já fazem parte do nosso cotidiano. Como pensar em abandonar nossa legging de cada dia e o nosso amigo sutiã? São eles os vilões? Bartels, por ser homem, conseguiu olhar para essa questão e não achar tudo tão normal.

“Talvez mais mulheres terão voz para falar sobre seus descontentamentos com modas desconfortáveis e as empresas poderão pensar em tecidos mais macios. Eu só queria trazer para o público aquilo que as mulheres já conversam entre portas fechadas.”

Você pode conhecer melhor o trabalho de Bartels nas redes sociais: InstagramTwitter e Facebook.