Andy Warhol. “Sam”. Fonte: Google imagens.

I

Cachorros acariciam a sensibilidade; gatos o espírito.

II

Me espanta a beleza com que um gato dorme.

  III

Há coisa mais linda que um gatinho dormindo? Sim, três gatinhos dormindo!

IV

Quem não aprecia a companhia de gatos não conhece a felicidade possível permitida a um ser tão carente quanto o humano.

V

Belo é ler ou escrever ou pintar e ao lado um felino que dorme.

VI

O sono de um gato é sagrado. Sacrilégio é alguém interromper o seu sono, ou o seu banho de sol.

VII

Cachorros são éticos; gatos são poéticos.