Foto: Instagram/ @pabllovittar

A cantora e drag queen Pabllo Vittar assinou nesta quarta-feira, 9, um contrato com a gravadora Sony.

O acordo prevê dois álbuns, e o primeiro será lançado somente em 2018.

O disco Vai Passar Mal, lançado em janeiro deste ano, foi feito de maneira independente, com produção de Rodrigo Gorky e Maffalda, com mixagem e masterização em um estúdio em Los Angeles (EUA).

Ontem, 8, Preta Gil lançou a música Decote, que conta com a participação de Pabllo Vittar.

Hoje, pela manhã, ela esteve no programa Encontro com Fátima Bernardes, da Globo, e explicou o porquê de usar um nome artístico masculino mesmo como drag queen.

“Nunca senti a necessidade de optar por um nome feminino porque, quando eu decidi fazer drag, eu queria passar verdade através da minha arte, música, do que eu acho que sou eu. Pabllo me representa de uma forma que você não tem noção”, explicou.