João Braga, professor da fundação há 27 anos, assumiu a cadeira 39, cujo patrono é Caio de Alcântara Machado

Em grande evento no Palacete Cesgranrio, no Rio de Janeiro, o professor de história da moda da FAAP, João Braga, tomou posse na Academia Brasileira de Moda. O evento, realizado no último dia 4 de agosto, foi organizado pela jornalista carioca Hildegard Angel Bogossian, presidente da entidade e fundadora do Instituto Zuzu Angel.

João Braga assumiu a cadeira número 39, cujo patrono é Caio de Alcântara Machado, empresário e criador da FENIT (Feira Nacional da Indústria Têxtil). Na ocasião, também foram empossados Luiz de Freitas, criador e estilista da marca Mr. Wonderful, e o costureiro gaúcho Rui Spohr.

A beca e o medalhão usados por João Braga em sua posse foram desenhados por Mena Fiala, acadêmica da ABM já falecida

“A ABM só vem a reconhecer ainda mais a Moda como uma área do saber, de produção de conhecimento em várias vertentes, que vai da indústria têxtil, à confecção e ao comércio”, diz o professor, que ressalta estar muito grato pela nomeação, principalmente no ano em que se comemora 30 anos da criação de cursos superiores de Moda no Brasil.

Primeiro professor por formação nomeado para ocupar uma cadeira na ABM, João Braga leciona desde 1990 na FAAP. Sua nomeação deve-se à contribuição que tem dado ao setor não só como professor, mas como autor de 11 livros na área da moda e pela atuação como estilista têxtil e de camisaria masculina e feminina.

A Academia Brasileira de Moda foi criada em 1995 e conta hoje com 28 integrantes de um total de 50 cadeiras. Entre os nomes estão Costanza Pascolato, Regina Guerreiro, Paulo Borges, Ronaldo Fraga, Glória Kalil e Celina Farias.