Pixabay

+ Viciar-se em internet não é uma micro, é uma macrodependência.

+ Com a internet se criou um curioso e pungente fenômeno: a solidão compartilhada.

+ Tudo bem, a internet é irresistível e irreversível. Mas que bom era o tempo em que se podia ver a sinceridade de uma carta de amor pelas lágrimas que borravam a tinta no papel.

+ A esperança, como a internet, é para os jovens. Os velhos não sabem lidar com ela.

+ Hoje, com a internet, já não temos tanto prazer com o exílio de certos chatos. Nem quando vão à Cochinchina.

+ A internet nos obrigou a ter uma opinião formada. Ou deformada.

+ Uma desculpa que não funciona mais: eu não entendo nada de internet.

+ Cada vez mais difícil é a vida dos segredos. As paredes agora têm olhos, ouvidos e internet.

+ Se tudo ficou mais simples com a internet, por que então é preciso reinicializar o computador? Reiniciar não bastaria?

+ No encontro ele descobriu que Elis

era a forma resumida de Elisabete

e que era mais bonita na internet.

+ Na internet, as garrafas que lançamos ao mar não contam com o álibi do acaso.

+ A palavra adeus não combina com a internet. Fica parecendo um violinista tocando no alto da roda-gigante, num parque de diversões.

+ A vida pode chegar, e a morte também, pelo e-mail, pelo msn, pelo bip do celular.

+ Ele já não abre a porta de casa nem a internet. Não suporta mais ver tantos cães abandonados e tantos homens tristes.