smiley-163510_1280

Ajudar nossos filhos a serem otimistas é muito importante para a felicidade deles e a dos outros.

A pessoa pessimista passa muito mal e também faz os outros passarem mal.

É normalmente uma pessoa que vê o mundo de forma negra e tem menos energia para agir. Fica mais acovardada e as coisas acabam custando muito.

Já a pessoa otimista aprecia e se compraz com as realidades da vida. O otimismo não é uma qualidade inata, mas que pode ser adquirida ao longo da vida.

Quando os filhos aprendem a ser otimistas, conseguem aceitar as realidades, aceitarem a si mesmos e aos outros e, mais do que isso, conseguem aperfeiçoar o mundo. Com isso, também aperfeiçoam-se a si mesmos e crescem em autonomia e caráter.

Quanto mais os pais conseguem ajudar seus filhos a melhorarem, crescerem em qualidades, mais alegres vão ficando, em um círculo virtuoso. Essa energia positiva, oriunda da alegria, por sua vez, ajuda-os a serem mais otimistas e confiantes, que vão conseguir ter êxito em todas as suas ações e atividades.

Os filhos precisam vivenciar que foram criados por Deus de forma inacabada e, que, portanto precisam melhorar, adquirir conhecimentos e habilidades, forjarem o caráter e contribuírem de forma positiva para a melhoria das relações de amizade e  realidades do mundo. Esse processo de educação e desenvolvimento é uma das grandes fontes da alegria e do otimismo.

Podemos concluir esta breve reflexão com a frase do grande educador Víctor García Hoz:

“Apenas o bem feito educa e o bem feito sempre é fonte de alegria.”

Curta nossa Fan Page: www.facebook.com/educarparafelicidade/