O casamento é melhor que a lepra porque é mais fácil de se livrar.

(W.C. Fields) 

 

(Foto: Jeremy Wong / Unsplash)

O casamento está entre as tradições mais antigas do mundo. Foi trazido até nós de rituais tão ancestrais que a sua origem remonta aos mitos da História. Para se ter ideia da antiguidade, Dercy Gonçalves ainda não era nascida quando da sua invenção, nem mesmo Aracy de Almeida.

O curioso é que, diferentemente do vinho. o matrimônio parece piorar com o tempo. Cada vez mais pessoas são contra ele e favoráveis ao divórcio, à gamofobia ou simplesmente à compra de uma bicicleta de 21 marchas de uso urbano.

Em seus primórdios, a cerimônia do casamento era marcada por um homem e uma mulher. Essa particularidade, graças à evolução dos costumes, mudou muito na última década. Principalmente porque o advogado se tornou muito mais importante que o oficial de Justiça, o padre, o pastor e o rabino – todos juntos.

Outra mudança foi a de caráter. O casamento começou com um caráter religioso, em alguns casos mágico. Em nossos dias, o caráter foi completamente abolido do casamento.

Tataravós dos latinos, os romanos apresentavam vários tipos de união. Havia uma para a elite, assistida pelo Pontifex Maximus, na presença de testemunhas. Outra era praticada, em especial nas classes C, D, E, e consistia na oferta da noiva por parte de seus tutores, ficando o noivo com a posse da mesma, assim como de todos os seus bens.

Hoje em dia, nada mudou. Basta abrir uma revista Caras e ler sobre a boda de alguém.

Assim como no Natal muita gente ainda acredita em Papai Noel, o casamento em diversas seitas ainda permanece indissolúvel. Você é a favor ou contra? Na sequência, cinco boas razões para se casar ou não.

A FAVOR

1. Na hora dos cumprimentos sociais sempre chamam você de tio (a).
2. Quando você faz uma refeição há sempre à sua frente um prato, um copo e dois talheres sem ninguém usando.
3. À noite, seus pés esfriam tanto que você está querendo solicitar ao condomínio do prédio uma caldeira em seu andar.
4. O psicanalista afirmou que seu Complexo de Édipo (Electra) piorou e há grandes chances de você pedir sua (seu) mãe (pai) em casamento.
5. Seu gato morreu.

CONTRA

1. Uma festa de casamento, para valer, custa o mesmo que um Porsche Boxer Turbo.
2. Fazer sexo com a mesma pessoa durante anos pode provocar Lesão por Esforço Repetitivo.
3. Dividir o mesmo banheiro com terceiros é antibiológico.
4. Acordar com o hálito de alguém diretamente voltado ao nariz é considerado “ato vil” pela OMS.
5. Seu gato ainda não morreu.

(Abertura do meu livro “A Favor ou Contra o Casamento”, Editora Claridade, 2003)