Army Medicine/Creative Commons

Army Medicine/Creative Commons

O sistema público de saúde para humanos, muitas vezes, deixa a desejar. Quase sempre, é preciso enfrentar longas filas para ser atendido. Mas é a opção que muitos brasileiros têm quando precisam cuidar de qualquer problema que aparece ou para fazer uma consulta de rotina.

Com esse panorama, os planos de saúde são a melhor opção para quem quer bom atendimento, em centros de referência, com profissionais renomados.

Cada vez mais, os animais de estimação têm serviços semelhantes aos humanos. Afinal, são os novos bebês e fazem parte da família. Para tratar da saúde deles, há diversas opções, incluindo hospitais públicos, veterinários e clínicas particulares, e também planos de saúde.

HOSPITAL VETERINÁRIO PÚBLICO

John Donges/Creative Commons

John Donges/Creative Commons

Na capital paulistana, há dois hospitais veterinários públicos. Um na zona leste e outro na zona norte. Juntos, já atenderam mais de 50.000 casos, com uma média de 300 atendimentos por dia.

O serviço é exclusivo aos munícipes da cidade de São Paulo e, prioritariamente, àqueles assistidos por programas sociais tais como: Bolsa Família, Renda Mínima, Renda Cidadã ou outro programa equivalente. Os que não estão inscritos nesses programas, também podem utilizar o serviço. Basta ser maior de 18 anos e levar RG original, CPF original e comprovante de residência em nome do responsável pelo paciente. Sem esses documentos, o animal não será atendido.

A criação desses hospitais foi uma parceria entre a prefeitura de São Paulo e a Anclivepa (Associação Nacional de Clínicos Veterinários de Pequenos Animais). Os veterinários que lá atendem, são afiliados dessa associação.

PLANOS DE SAÚDE

www.audio-luci-store.it/Creative Commons

www.audio-luci-store.it/Creative Commons

Para quem não quer enfrentar longas filas ou prefere um atendimento mais exclusivo, pode optar pelos planos de saúde. Só no estado de São Paulo, há nove empresas registradas no CRMV-SP. Segue a lista:

– Animal Care Planos de Saúde Animal Ltda CRMV-SP 30506

– Convene – Plano de Saúde Vet. SC Ltda-ME CRMV-SP 07423

– Doutor Pet Planos de Saúde para Animais Ltda ME (Nome Fantasia: Bio Med) CRMV-SP 30760

– Health For Pet Adm Planos de Saúde Animais de Estimação  (Nome Fantasia: Health for pet, vinculada a Porto Seguro) CRMV-SP 35439

– Pet Blue Planos de Saúde e Assistência Médica Veterinária Ltda (Nome Fantasia: Pet Blue) CRMV-SP 36308

– Planimal Plano de Assistência Médica Veterinária Ltda EPP (Nome Fantasia: Planimal) CRMV-SP 21879

– Planimalis – Plano de Saúde Animal Ltda CRMV-SP 30428

– Veteriplan Plano de Saúde Animal Ltda (Nome Fantasia: Veteriplan) CRMV-SP 36159

– Vetplan Plano Saúde Animal Ribeirão Preto Ltda CRMV-SP 16010

Já são mais de 100 mil pessoas que contrataram planos de saúde para seus animais. “A procura por este tipo de serviço está aumentando muito, principalmente porque hoje há uma maior divulgação” analisa Rute Almeida, diretora administrativa da Healthlife.

Com a ascensão deste mercado, aos poucos, as grandes empresas e seguradoras terão produtos pet. Esse é o caso da Porto Seguro, a mais recente companhia a ganhar linha pet. “Em parceria com a Health for Pet, agora oferecemos planos de saúde para cães e gatos com atendimento personalizado e uma equipe pronta para proporcionar aos animais de estimação uma vida com mais saúde e proteção. Além disso, os clientes têm a possibilidade de ter atendimento domiciliar e internação, quando necessário. Atualmente, o serviço pode ser contratado por clientes na Grande São Paulo, o produto conta com mais de 200 clínicas, hospitais e veterinários” diz Roberto Santos, diretor geral da Porto Seguro.

Assistência Emergencial e Seguro Saúde

Foto: Luiza Cervenka

Foto: Luiza Cervenka

Há ainda empresas que oferecem outros produtos, como a Mapfre Assistance, que possui a Assistência Emergencial PET. Com ela os cães e gatos podem ter atendimentos, com cobertura veterinária 24 horas, como a implantação de microchip no animal assistido, transporte emergencial, informações sobre vacinas e aplicação das mesmas em domicílio, além de orientação veterinária por telefone. A solução conta com uma rede credenciada de clínicas e hospitais veterinários nas principais cidades do País e pode disponibilizar a lista para o destino escolhido pelo cliente.

Você sabia que há diferença entre plano de saúde e seguro saúde? É o que explica o CEO da Petplan, Marcello Falco: “Um seguro saúde tem uma seguradora por trás, o que garante para consumidores e veterinários que a operação é regulamentada por órgãos oficiais, além de trazer experiência e solidez financeira. O seguro saúde do pet funciona como o seguro saúde de seus donos humanos. Os produtos são pagos mensalmente e oferecem cobertura para acidentes, doenças, vacinas e auxilio funeral, permitindo que o animal seja atendido em rede referenciada, onde o proprietário não desembolsa nada pelo tratamento, ou por reembolso”. Esse tipo de empresa é muito comum em outros países, como Inglaterra, Canadá e Estados Unidos.

Planos de saúde de clínicas

Myfuture.com/Creative Commons

Myfuture.com/Creative Commons

Alguns veterinários, donos de clínicas, perceberam a necessidade de haver um plano de saúde, no qual os clientes gastam menos e podem ter acesso a mais serviços, ajudando no bem estar do animal.

O que ainda é uma novidade em São Paulo, já ocorre há anos em Florianópolis. A professora de artes Regina C Sauthier já conhece os planos de saúde para animais há muito tempo. “Antes da Cacau, eu tinha o Nico, que também tinha plano de saúde da clínica. Eu pago R$ 60,00 por mês e posso passar em consulta quantas vezes for preciso; e ainda tenho desconto em banhos e vacinas” conta. Essa é uma prática comum em muitas clínicas veterinárias da região.

Aqui em São Paulo, iniciativas semelhantes estão aparecendo. É o caso da Medicina com Carinho do Dr Wilson Grassi. O proprietário do animal paga R$ 50,00 por mês e pode ter acesso a todos os procedimentos, quantas vezes for preciso, nas quatro clínicas localizadas na capital. “Esse valor independe da idade ou tamanho do animal. Muitos planos de saúde têm limite de consultas ou de valores por procedimento, no Medicina com Carinho não há nada disso. Só não cobrimos doenças pré-existentes” confirma Dr Wilson.

A ideia é que mais pessoas possam ter acesso ao serviço de qualidade e levem o animal para consulta sem receio do quanto irão gastar. Se houver uma doença, ela poderá ser descoberta precocemente e tratada com menos sofrimento. Pergunte se a clínica que você costuma frequentar tem esse tipo de produto.

Com tantas opções, qual devo escolher?

Rodrigo Trovão/Creative Commons

Rodrigo Trovão/Creative Commons

Agora não há mais desculpa para cuidar do peludo. Tem opções para todos os bolsos e gostos. Mas fique atento antes de contratar qualquer um desses serviços. Leia atentamente o contrato e questione o quanto for preciso, caso tenha alguma dúvida.

Segundo o assessor técnico do CRMV-SP e médico veterinário, Leonardo Burlini, quem controla todos esses serviços é o CFMV (Conselho Federal de Medicina Veterinária). Se houver algum problema em relação ao tratamento veterinário, este conselho poderá ajudar. Porém, por se tratar de um serviço, o proprietário que se sentir lesado, deve recorrer ao Procon.

A Larissa Rios, fundadora do Turismo 4 Patas, tem plano de saúde para sua cachorrinha Cleo há 9 anos, desde que ela era filhote. “Quando eu contratei, não era muito comum ter esse tipo de serviço, mas eu economizei muito por ter o plano de saúde” comenta. Ela conta que um dos motivos que a manteve tanto tempo na mesma empresa é o fato da veterinária de confiança, que tem clínica próximo a sua casa, ser credenciada ao plano.

Caso você já tenha um veterinário de confiança, que você não abre mão, e ele não seja vinculado a nenhuma seguradora, talvez não valha a pena adquirir o plano de saúde. Esse foi o motivo que fez com que Álvaro Masson, corretor de seguros, deixasse de pagar pelo plano de saúde das suas cachorrinhas. “Pode parecer incoerente, pois eu vendo planos de saúde para animais, mas não tenho para minhas cachorras, mas eu estava pagando duas vezes pelo mesmo serviço, então preferi parar” explica Álvaro.

Agora Larissa está considerando mudar de plano, pois teve a anestesia e internação da sua cachorrinha de 9 anos negada. Isso ocorreu, pois é para uma cirurgia para corrigir um problema no quadril (displasia), para prevenir que a cachorra sinta fortes dores. O plano só cobriria se fosse emergencial. “Eu precisaria esperar que minha cachorra sentisse dor e sofresse para poder ter a cobertura do plano. Os novos produtos devem levar em consideração a prevenção, não apenas a emergência. Só assim os animais sofrerão menos e ficarão menos doentes” desabafa.

A empresa Mister Saúde Animal, contratada pela Larissa, informou que na contratação o cliente deve optar pela cobertura que deseja.  A empresa informou que neste caso, o plano contratado não possui a cobertura para esta cirurgia. Ainda informou que está há doze anos no mercado e realiza um intenso trabalho de conscientização e convencimento, para que os proprietários animais se associassem ao plano de saúde animal, para incorporarem hábitos saudáveis e adotarem as visitas periódicas ao veterinário para a realização de exames físicos preventivos.

Se informe sobre os planos de saúde e produtos que são oferecidos na sua cidade. Coloque todos os gastos na ponta do lápis e então decida o que mais se adequa a sua realidade. Número de animais, idade de cada um e espécie são fatores que devem ser levados em consideração.

E na próxima sexta-feira, dia 21/08, não perca a nossa agenda animal.

 

Serviço

Hospital Veterinário Público

UNIDADE ZONA NORTE

Avenida General Ataliba Leonel, 3194 – Parada Inglesa – São Paulo/SP Telefone 11 2478-5305

UNIDADE ZONA LESTE

Rua Platina, 570 – Tatuapé – São Paulo/SP Telefone 11 4323-8502

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO:

Segunda a Sexta: das 07h00 as 17h00  – Unidades Zona Norte e Zona Leste (Todos os serviços e especialidades). Abertura das fichas – das 06h00 as 10h00.

Sábados, Domingos e Feriados: das 07h00 as 10h00 -Unidade Zona Leste (Apenas urgências e emergências) das 07h00 as 10h00

Mais informações: http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/ouvidoria/noticias/?p=179097