Rick Harris/Creative Commons

Rick Harris/Creative Commons

Você já tem programação para esse final de semana?

Que tal dar um passeio com seu peludo e unir diversão com informação?

Nesse domingo (12/04), a marquise do Parque do Ibirapuera vai receber o evento “Diga não à Leishmaniose”, das 9 às 17h.

logo da campanha

logo da campanha

Também conhecida como calazar, a leishmaniose é uma zoonose (doença que passa dos cães para os humanos) pouco falada, mas muito perigosa.

AJC ajcann.wordpress.com/Creative Commons

AJC ajcann.wordpress.com/Creative Commons

Assim como a dengue, a doença é transmitida por um mosquito, que não costumava chegar aos grandes centros. Porém, com a mudança do clima,  o vetor, mosquito palha, já está batendo na nossa porta.

A idealização e coordenação desse projeto, que já tem 10 anos, fica a cargo de Marli Pó. Amiga pessoal de Clodovil Hernandes, acompanhou o drama do estilita com seu cãozinho Grande Otelo, da raça pug.

Grande Otelo Imagem divulgação da campanha

Grande Otelo
Imagem divulgação da campanha

“Lembro como se fosse hoje, quando o telefone tocou e Clodovil falou sobre uma doença que eu nunca ouvira falar, e que, infelizmente, ainda não é tratada com a devida importância”, destaca Marli. “Os pais de Otelo haviam contraído a doença em Ubatuba” completa. Com a suspeita do pequeno pug também ter contraído leishmaniose, Marli passou a pesquisar sobre a doença e como prevenir. “Falar da campanha, é como falar de um filho, pois ela foi gerada em razão de uma vida que poderia ter partido, mas que foi salva” conta Marli.

Em parceria com o Rotary Club e a MSD Saúde Animal, a campanha “Diga não à Leishmaniose” vem com o objetivo de salvar vidas! O que podemos fazer? Como evitar que meu cãozinho contraia essa doença? Quais as consequências? Quais são os sintomas?

Descubra as respostas para essas e outras perguntas no domingo, dia 12/04, das 9 às 17h na Marquise do Parque Ibirapuera, Portão 3.

Para quem não puder ir, acesse aqui o site da campanha.