Foto: Banco de Sangue do Hospital Veterinário Anhembi Morumbi

Foto: Banco de Sangue do Hospital Veterinário Anhembi Morumbi

Hoje, dia 25 de novembro, é o Dia Nacional do Doador de Sangue. São muitas as campanhas para salientar a importância de doar sangue. Os bancos de sangue sempre estão com volume baixo e precisam de muitos doadores.

Mas não são só os humanos que precisam de sangue. Cães e gatos podem necessitar fazer transfusão de sangue e requerem doadores. Se já é difícil achar sangue humano, canino é ainda pior. São treze tipos diferentes de sangue, mas seis são os mais comuns. Para gatos é um pouco mais fácil, são apenas três tipos. Porém, achar animais que podem doar não é uma tarefa simples.

Quando a transfusão é necessária?

Foto: Banco de Sangue do Hospital Veterinário Anhembi Morumbi

Foto: Banco de Sangue do Hospital Veterinário Anhembi Morumbi

O caso mais comum que necessita de transfusão de sangue, em cães, é a doença do carrapato. Uma das características dessa patologia é a diminuição da quantidade de plaquetas no sangue. Em muitos casos, o cão só consegue se recuperar ao receber plaquetas de um doador.

Situações graves com grande perda de sangue, como acidentes e atropelamentos podem necessitar de transfusão. Em algumas cirurgias também pode haver a necessidade de solicitar a bolsa de sangue.

Quem pode doar?

Foto: Banco de Sangue do Hospital Veterinário Anhembi Morumbi

Foto: Banco de Sangue do Hospital Veterinário Anhembi Morumbi

Cães entre 1 e 8 anos, acima de 25 quilos, que não passaram por cirurgia nos últimos dois meses, que não têm nenhuma doença, vacinado e vermifugado e que fazem controle de ectoparasitas (pulga e carrapato).

Como prevenir pulgas e carrapatos?

Para gatos, o critério é basicamente o mesmo, mas o peso deve ser superior a 4 quilos. A diferença para fazer a doação é que os felinos devem ser sedados, para não haver estresse. Já os cães ficam acordados e recebem muitos mimos, como biscoitos e carinhos da equipe.

Quero ser doador!

Foto: MOM Cães e Gatos

Foto: MOM Cães e Gatos

Se seu pet está dentro dos critérios descritos a cima, ele pode ser um doador. Para isso, você deve procurar o hemocentro veterinário mais próximo a sua casa e marcar um horário. Primeiro será feito um exame bioquímico (retira-se só um pouquinho de sangue) para ver as condições gerais do animal, como função renal e hepática. Se estiver tudo bem, você receberá uma ligação para leva-lo para fazer a doação. O procedimento é rápido e muitos animais nem reclamam.

É um leve incômodo para quem doa e um enorme benefício para quem recebe. O que dificulta o aumento do número de doadores ainda é a falta de informação. Alguns proprietários não sabem da importância de ser um doador, outros têm medo que seu animal sofra. Quanto mais doadores tiver, maior a variedade de sangue e possibilidade dos animais serem atendidos. A informação pode salvar vidas!

Famosos dão o exemplo

Foto: Instagram

Foto: Instagram

O Ator Bruno Gagliasso e a apresentadora Giovana Ewbank são petlovers e sabem da importância da doação de sangue. Uma das suas cinco mascotes (filhas, como eles dizem) é a Menina. A linda Cane Corso foi recrutada para doar sangue na clínica que costuma frequentar no Rio de Janeiro, onde mora. Sem pestanejar, o próprio Bruno levou a filhota até o veterinário, para fazer essa boa ação. No dia seguinte, ligou para a dona da cadela que recebeu o sangue da Menina, pra saber se tinha dado tudo certo. Além de lindo, Bruno é super engajado na causa animal.

Foto: Turismo 4 patas

Foto: Turismo 4 patas

Cléo é a Golden Retriever mascote do Turismo 4 Patas. Além de conhecer diversos hotéis e desbravar as mais difíceis trilhas, ao lado da turismóloga Larissa Rios, Cléo é doadora de sangue desde 2008. Tudo começou com uma campanha feita no Parque Ibirapuera em parceria com o Banco de Sangue do Hospital Veterinário da Universidade Anhembi Morumbi. Cléo é muito chique e tem seu próprio blog. Clique aqui e descubra como ela se tornou uma salvadora de vidas.

Se seu pet não pode ser doador, ajude a divulgar a importância de doar sangue!

Não perca a Agenda Animal da próxima sexta-feira, dia 27/11. Eventos para se divertir a valer!