Carnaval chegando, os ânimos se afloram e todos querem cair na folia! Todos?! Nem todos. Muitos animais são sociáveis e adoram uma bagunça, porém outros têm temperamento mais calmo e não gostam de tanta agitação. O mais importante é observar o que seu bichinho gosta e o que ele não gosta. Vale lembrar, também, que, ao contrário da visão, o ouvido dos cães é mais sensível e consegue captar sons que o nosso não consegue.

Stacie Joy/Creative Commons

Stacie Joy/Creative Commons

Ah, mas quem resiste à fofura de um pet fantasiado? Teve até um desfile, em um shopping de São Paulo. As melhores fantasias foram premiadas. Uma mais linda que a outra! Eu adoraria fantasiar meus bichos, mas eles não gostam.  Tudo deve ser pensado e avaliado, na hora de fantasiar seu pequeno. Desde o tecido da fantasia até a temperatura do local. Ele precisa se sentir confortável.

 

meu cachorro bravo e travado por estar de fantasia

meu cachorro bravo e travado por estar de fantasia

Você sabia que existe um bloco de carnaval, no Rio de Janeiro, chamado Blocão? Desde o ano passado ele diverte os cães e seus donos.  Curtiu? O cortejo deste ano sairá da Praça do Ó, na Barra da Tijuca, no sábado às 9h. Haverá concurso de fantasias. A inscrição é feita no local e é gratuita.

Para os cães paulistanos, até o dia 16, no shopping Pátio Higienópolis, há uma exposição chamada “Somos todos vira-latas”, com fotos de famosos e animais sem raça definida. Para usar a criatividade, tem também uma cabine de fotos. Capriche na pose, pois irá direto para a rede social.

Algumas precauções devem ser tomadas. Observe seu pet e fique atento para os sinais de estresse: lamber o focinho, abaixar o rabo, corpo tenso ou encolhido e olhos assustados. Se perceber um desses sinais, volte para casa.

postura de medo Nicolas Grevet/Creative Commons

postura de medo
Nicolas Grevet/Creative Commons

 

Mas se seu pequeno estiver relaxado, com o rabo abanando, querendo cheirar tudo e todos, curta e brinque o carnaval! Não há nada melhor do que aproveitar os momentos com nossos peludos, não é mesmo?!

Nosso próximo encontro é na quarta-feita! Na ressaca do carnaval, falaremos sobre neotenia. Apesar da palavra difícil, conheceremos animais adultos, fofos como filhotes.