tonystl/Creative Commons

Mesmo o cachorro mais educado do universo tem seus momentos de desobediência. Será que esse mau comportamento é birra, para chamar atenção do seu tutor? E você, já passou por esta situação? Acabo de vivenciar uma dessas, aqui em casa, na última noite.

Estava em casa, me arrumando para sair. Eram umas 16:30h. Abri o armário, peguei uma roupa e fechei as portas, como de costume. Atrasada, saí correndo sem conferir se os meus três gatos estavam bem. Oito horas mais tarde, volto para casa e só encontro dois gatos a minha espera. Quem faltava? Doritos, o gato filhote sapeca. Meu coração veio a boca, com medo de ter acontecido algo com ele.

Assim começou uma longa e agitada noite. Doritos foi encontrado dentro do armário. Após vasculhar a casa toda, algo me disse que eu podia ter esquecido aquele pequeno ser no seu esconderijo preferido. Apesar de adorar o armário, ele nunca havia ficado preso por tanto tempo.

Agora em liberdade, Doritos começou a correr pela casa, como faz toda noite. Me arrumei, deitei e tentei dormir. Apenas tentei. Doritos não permitiu tamanha ousadia da minha parte. Como poderia eu querer dormir após ele ter ficado preso por 8h seguidas?

 

Foto: Luiza Cervenka

Birra? Querer chamar atenção?

Não. Doritos havia dormido todo o tempo que ficara dentro do armário. Agora, acordado e cheio de energia, queria brincar até o sol raiar (literalmente).

Você pode questionar “mas toda vez que eu saio e demoro, meu cachorro faz xixi na minha cama, bem do lado que eu durmo. Isso não é birra?”. Não, isso não é birra. Cães e gatos não são crianças que se jogam no chão para conseguir algo. Eles reagem as nossas atitudes.

Outra possibilidade é: “E o meu cachorro que late para o pote de biscoito e só para quando eu dou, não é para chamar minha atenção?”. Há várias formas de cães e gatos tentarem comunicar o que querem para nós. Porém, muitas vezes, estamos focados em uma atividade e não damos atenção. Assim, a ele resta vocalizar (latir ou miar) para que prestemos atenção. Mas ele só faz isso, pois sabe que esse comportamento é infalível e você dará o objeto ou biscoito de desejo.

See1,Do1,Teach1/Creative Commons

É muito comum extrapolarmos os comportamentos humanos para nossos filhotes de pelos. Observar o comportamento deles por uma ótica humana é algo cotidiano. Um erro rotineiro a todos. Por isso, se seu cachorro destruir seu sapato novo só porque você não passeou, não jogue para o senso comum de que é birra. Ele pode ter ficado frustrado pela ausência de atividade e precisou de algo para descarregar a energia acumulada. Por acaso foi no seu sapato, mas poderia ter sido em qualquer outra coisa.

Ao humanizar o comportamento dos animais, encontramos em quem colocar a culpa. “Ah, o cachorro que é desobediente” ou “Esse gato não entende que eu preciso dormir”. Mas por que ele está apresentado este comportamento. Será que não é consequência de um ato, incompreensão ou omissão da nossa parte?

“Mas meu cachorro é diferente, ele só lambe a pata quando está ao meu lado. Ele faz isso para chamar minha atenção”, você pode pensar. Verdade, nós ensinamos isso a eles. Alguns comportamentos geram uma resposta nossa imediata. Se ele lambe a pata, eu pego no colo. Se ele late, eu dou o biscoito. Se ele corre atrás do rabo, eu dou bronca.

Muitas vezes, tudo o que eles mais querem é a nossa atenção, o nosso carinho. Porém, em alguns momentos eles não obtém êxito. Mas basta começar a lamber a pata, que paramos tudo o que estamos fazendo para pegá-lo no colo, por dó. Ele já aprendeu que para conseguir sua atenção, basta lamber a pata. Mesmo que esta atenção seja uma bronca. É mil vezes melhor ter uma bronca rápida, e ter sua atenção momentânea, do que ser ignorado a tarde/noite toda.

Por isso, toda vez que a palavra birra vier a sua cabeça, reflita sobre o motivo que gerou este comportamento. Só assim conseguiremos sanar o problema, para que esta atitude indesejada não volte a acontecer.

Foto: Luiza Cervenka

E o Doritos? Está bem, obrigada. Só eu que estou caindo de sono por ter passado a noite em claro, brincando com o felino cheio de energia. Ninguém mandou esquecer o gato no armário!

Acompanhe as aventuras do Doritos pelo Instagram @doritos_thecat