Estadão

Fechar

Você está no seu último texto gratuito
deste mês.

No Estadão, tem sempre mais pra ler.
Continue se aprofundando nas notícias.

Assine o Estadão e tenha acesso livre »
É assinante? Entre aqui

Belardi, Villaboim & Wallerstein

Matteo Gavazzi

23/11/2017, 8:05

Para a maioria de nos esses nomes não significam nada mas esses três nomes representam um clássico exemplo de como São Paulo verticalizou.

Descobri a historia desses senhores mais por a caso do que por vontade. Pesquisando no Acervo do Estadão.

Belardi & Villaboim desenhavam projetos e construíam para os incorporadores de uma louca Sampa…

Acervo Estadão

…E o corretor Eugenio Wallerstein os vendia. Simples assim. Uma sociedade perfeita. Ou quase, como veremos.

Acervo Estadão

Em seguida os 3 se juntariam para incorporar e comercializar imóveis fundando a R.N.E. (Frutos das iniciais de seus nomes : Renato Belardi, Nilo Villaboim e Eugenio Wallerstein)

Acervo Estadão

 

Acervo Estadão

 

Acervo Estadão

Esta, trabalharia no desenvolvimento e vendas para outras construtoras. Foi esse o caso da Parceria com o Engenheiro Francisco Beck na incorporação do Edificio Pontal na Rua 13 de Maio 1.504.

Acervo Estadão

Por fim, Belardi sairia por primeiro da empresa, seguido, nos anos 1970, nao sem polemicas (vide a baixo), por Eugenio.

E assim mais uma historia da verticalização da Pauliceia vem a luz.

Quem tiver e quiser compartilhar mais infos sobres esses “senhores”, nao hesite, escreva para mim no matteo@refugiosurbanos.com.br

SalvarSalvar

Você atingiu o número máximo de textos gratuitos este mês

Não pare por ai.
No Estadão, tem sempre mais pra ler.

Continue se aprofundando na informação. Assine por apenas R$ 1,90 no 1º mês e tenha acesso ilimitado ao Estadão.

Conheça suas opções
de assinatura

No próximo mês, você poderá ler gratuitamente mais 10 textos.

Já é assinante?

Entre aqui

Em caso de dúvidas, fale com a nossa Central de Atendimento: 4003-5323 (capitais e regiões metropolitanas) 0800 014 7720 (demais localidades). De segunda a sexta-feira das 6h30 às 20h, e aos sábados, domingos e feriados das 6h30 às 14h. A Central de Atendimento não recebe ligações de celulares.

Ir para a versão web