cervejarias-artesanais-brasil-(6)

Cultura cervejeira não é um termo comercial, tão pouco novo. Na realidade foi criado para designar uma revolução no consumo da bebida, já que, ainda na década de 1970, muitos californianos puderem viajar à Europa e conhecer as surpresas gastronômicas e etílicas de países consagrados na produção de cerveja, como é o caso da Inglaterra, Alemanha e Bélgica.

Ao retornarem aos EUA, buscaram criar opções de cerveja com maior qualidade que, invariavelmente, estão associados aos processos artesanais. Essa “revolução cervejeira”, no entanto, não ficou restrita à América e desde 1990 vem mostrando seus ecos na produção brasileira de cervejas artesanais.

Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Cerveja (Cerv Brasil), as cervejas artesanais, também chamadas de especiais, ocupam junto com os rótulos importados e as industriais de categoria premium 5% do mercado nacional, mas têm previsão de dobrar o número de vendas nos próximos cinco anos. Enquanto em alguns mercados o consumo da cerveja artesanal isoladamente corresponde até 30%, como China e Europa, no Brasil não representa 1% das vendas.

Porém, o brasileiro ainda está conhecendo esse produto especial, afinal, existe uma paixão declarada por cerveja: uma pesquisa realizada pelo Ibope (2013) revelou que ela é a bebida preferida de 67% dos brasileiros para comemorações. No entanto, o perfil de consumidor ainda é bastante segmentando, já que a classe C prefere as marcas comerciais e as classes A e B demonstram preferência por cervejas especiais. Estima-se que existam hoje no país pelo menos 500 cervejarias artesanais.

Essa segmentação pode ser compreendida, também, pelo próprio processo de ‘gourmetização’ que a sociedade ocidental tem sofrido, no qual o gourmet tornou-se – erroneamente – sinônimo de produto caro e de qualidade. E, de fato, garrafas de cerveja artesanal partem de um preço médio de R$15, ainda inacessível para muita gente.

Claro que nem tudo é culpa só da ‘gourmetização’. O processo produtivo das cervejas artesanais e, sobretudo, a tributação são dispendiosamente mais altos. A cervejaria DUM coordena a produção de um zine em Curitiba/PR que trouxe na edição de 2016 um infográfico bastante explicativo sobre o assunto.

Acesse o zine abaixo: 

Documento

Destaco nesse conteúdo à seguinte conclusão: “a resposta é que eles [cervejarias grandes] possuem isenções fiscais gigantes e com isso não pagam os mesmos impostos que as cervejarias artesanais pagam. Esse é o motivo da distância tão grande entre uma artesanal e uma cerveja de um grande conglomerado”.

Numa tentativa de propagar essa tal cultura cervejeira entre diversos públicos, vários esforços vêm sem realizados no país. O mais recente deles foi o 1º Festival Cultura Cervejeira, que já nasceu com o título de maior encontro de cervejas artesanais do estado de São Paulo e contou com apoio oficial da Associação Brasileira de Cerveja Artesanal (Abracerva), realizado entre os dias 21 e 23 de abril na cidade de Campinas, no Expo Dom Pedro.

Além de valorizar os verdadeiros protagonistas da produção de cervejas de qualidade e de puro malte do Brasil, o 1º Festival Cultura Cervejeira reuniu palestras e workshops, bandas, food park, moda, decoração, tatuagem, barbearia e alguns fornecedores de insumos e equipamentos para cervejarias, além, claro, de dezenas de marcas artesanais que puderam trazer suas novidades e apresentar seus rótulos para degustação.

cervejarias artesanais brasil

Vale destacar também que as novidades não ficaram restritas apenas as cervejas, amantes do sabor característico da bebida puderam conhecer os chocolates fabricados com lúpulo e malte, da Cacau Beer, e provar o famoso pão fabricado com malte servido num lanche com maionese produzida a partir da cerveja.

cervejarias-artesanais-brasil-(1) cervejarias artesanais brasil (17)cervejarias-artesanais-brasil-(4) cervejarias-artesanais-brasil-(5) cervejarias-artesanais-brasil-(6) cervejarias-artesanais-brasil-(7) cervejarias-artesanais-brasil-(8) cervejarias-artesanais-brasil-(9) cervejarias-artesanais-brasil-(10) cervejarias-artesanais-brasil-(11) cervejarias-artesanais-brasil-(12)cervejarias-artesanais-brasil-(15) cervejarias-artesanais-brasil-(16) cervejarias-artesanais-brasil-(20) cervejarias-artesanais-brasil-(21)cervejarias-artesanais-brasil-(25) cervejarias-artesanais-brasil-(26)cervejarias-artesanais-brasil-(24)cervejarias-artesanais-brasil-(13)cervejarias-artesanais-brasil-(2)

Fotos: Eduardo Vilas Bôas/À Moda Deles

Enfim, tudo leva a crer que a nova postura de um consumidor menos ansioso e mais qualitativo também está chegando ao mercado das cervejas, afinal, cerveja artesanal se aprecia com calma e moderação (nada de bebedeira!).