Homem na cozinha já não é novidade. E Rodrigo Hilbert, de certa forma, trouxe lenha à discussão dentro dos lares, afinal, enquanto alguns rapazes escolhem cozinhar por prazer ou por modismo, outros ainda estão compreendendo que a divisão das atividades de uma casa tem que ser equilibrada entre um casal. Ah, não nos esqueçamos daqueles que cozinham por obrigação, afinal, morando sozinho ou com pessoas que não cozinham nada, a sobrevivência fala mais alto e o fogão chama!

O fato é que, independente da razão que leva um homem à cozinha, hoje há diversas tecnologias (baratas ou nem tanto) que prometem facilidades para os que amam ou odeiam cozinhar. Frente à rotina corrida que eles também assumem programar cardápios e realizar os preparos de alguns itens podem cair no esquecimento ou inviabilizar uma ideia mais elaborada de prato. Por isso, eletrodomésticos têm se tornado cada vez mais inteligentes e ajustáveis à vida moderna.

Forminha de gelo nunca mais: usar gelo do freezer para preparo de bebidas ou resfriar algumas receitas é ótimo, mas o difícil é lembrar-se de preencher as forminhas ou ter quantidade suficiente para a próxima rodada! As máquinas de produzir gelo (ice maker), antes restritas a restaurantes, já podem ser compradas por preços acessíveis. Existem opções de várias marcas, cores e capacidades diárias de produção. Alguns modelos, como esse da Elettromec, fazem isso tudo e ainda não necessitam de conexão hidráulica, basta colocar água filtrada no reservatório para ter seu gelo em poucos minutos, e a produção inicia-se no horário determinado e ainda faz automaticamente a limpeza interna dos dutos do sistema.

Pão fresquinho a qualquer hora: pão quentinho é muito bom e vai bem com diversos pratos. E, mesmo que você não seja um gastrólogo, é possível fazer pães diversos em casa – e sem erro – graças às máquinas caseiras de fazer pães. Existem várias opções e de vários preços, todas vem acompanhadas de espátulas, livros de receitas testadas e até medidores de ingredientes. O prático desses equipamentos é que você pode misturar os ingredientes horas antes e ela faz todo o trabalho conforme a programação (dá para fazer um pãozinho em até 40 minutos), concluindo o pão no momento exato que você pretende consumi-lo – e sem fazer sujeira!

Esqueça pratos frios para visitas atrasadas: já preparou algo para servir num horário especifico e a visita atrasou? Alguns pratos requentados perdem toda graça! Para manter pratos prontos aquecidos, para receitas que necessitam de calor constante entre 20°C e 75°C por longos períodos (Slow Cooking) ou para fermentação controlada de massas para pães e pizzas, existem as gavetas aquecidas. São compartimentos para cozinhas planejadas – mas há versões portáveis –, comercializados por diversas marcas, que oferecem calor ventilado para manter aquecidos utensílios e alimentos sem que percam a textura e sabor originais.

Panela que faz tudo para você: a nova geração de panelas elétricas faz mais do que economizar gás: elas preparam sozinhas os alimentos! A HomeCooker Jamie Oliver, da Philips Walita, é um desses exemplos e conta com a tecnologia AutoStir que garante o cozimento constante e homogêneo enquanto mistura delicadamente os alimentos para refogar, cozinhar, fritar e até mesmo preparar no vapor, além de ajuste preciso de temperatura e timer longo que mantêm a temperatura ideal com perfeito controle do tempo de preparo. Você deixa o prato preparando e ainda pode cuidar de outros assuntos.