pepe-jeans-blue-denim-shirt-snow-bleach-western-product-1-12840812-930466606

Divulgação Pepe Jeans

Dependendo da sua idade o jeans sempre esteve presente no seu guarda-roupas. Apesar de ser um tecido antigo, remontando ao século XVIII, foi apenas a partir dos anos 1970 que ele se tornou artigo de moda através das mãos do estilista Calvin Klein, o primeiro a colocar o jeans na passarela – causando choque e indignação aos mais conservadores. Mas, só a partir dos anos 1990 que a população pode consumir esse artigo, antes caro e restrito as grifes.

Hoje, no entanto, o jeans é um artigo extremamente democrático. Transita de um visual mais clássico até o extremamente rebelde, graças a suas diversas variações de cores, modelagens, texturas e composições – já reparou que tem até jeans com elasticidade? Pois é, novos tempos, novos consumidores, novos produtos.

E o jeans extrapolou as calças e subiu para camisaria ainda na década de 1950, inspirado nos macacões que mineiros e camponeses americanos vestiam na época. Hoje, as diversas gramaturas mais leves do tecido (menos espessos e pesados) possibilitam uma enorme gama de opções para camisas.

Esqueça aquela imagem country music. Vestir-se com peças jeans hoje é sinal de modernidade e, aliás, não é à toa que estou falando das camisas jeans. Elas estão na moda – mais uma vez. Hoje você pode encontrar camisas em jeans em praticamente todas as marcas, o que garante maior variedade de produtos e preços para agradar o seu gosto e bolso.

O medo ainda é como usar esse artigo sem errar e ficar caricato. Pois então, vou tentar te ajudar com quatro sugestões bem simples. Confira.

Imagem4 Imagem3 Imagem2 Imagem1